O melhor site sobre frases, mensagens e pensamentos.

Nomes Femininos com a Letra A


Você já parou para pensar quantos nomes podem ser iniciados com uma mesma letra? São muitos! E o fato de muitas pessoas formarem combinações de nome ou optarem pelos chamados nomes compostos (dois nomes juntos, como Maria Clara, por exemplo) faz com que a lista de nomes que podem começar por uma mesma letra seja bem grande.

Dar conta de todas essas possibilidades é uma tarefa bem complicada e cujo resultado em forma de lista pode ser um pouco cansativo de ser contemplado. Por isso, optamos por trazer um pequeno recorte das possibilidades de nomes para meninas que podem ser iniciados pela letra A: trazemos aqueles que podem ser considerados os mais bonitos.

Você está buscando inspiração de nomes para meninas que comecem com a letra A? Então, você achou o material de que precisava!

Confira abaixo alguns dos principais nomes femininos que começam com essa letra. Destacamos que eles não estão apresentados em ordem de preferência. Optamos por listá-los em ordem alfabética, apenas.

Além disso, eles estão apresentados considerando suas grafias mais clássicas, isto é, evitando consoantes dobradas (ll ao invés de l) e a substituição de letras (como a troca do i pelo y).

Na lista que preparamos, constam alguns nomes mais comuns em outras culturas que não a brasileira, mas que exercem certa influência também por aqui.

Será que o nome capaz de ganhar o seu coração está por aqui?

Nomes mais populares e bonitos para Meninas com a Letra A


nomes-femininos-com-letra-a

  • Ada

Este nome não é muito comum no Brasil. A origem desse nome é complexa, havendo cinco possibilidades distintas. Pode ter vindo do germânico Eada, por influência hebraica, de Édhen, nesse caso significando “lugar de delícias”.

Ainda ligado ao hebraico, pode ter surgido como variação feminina de iddo, forma encurtada de addayah, assim significando “o Senhor concedeu benefícios”.

Outra possibilidade relacionada à cultura hebraica é ter sua origem no nome Adah, a esposa de Lameque na Bíblia, cujo sentido literal é “ornamento”, “beleza”.

Por fim, uma possibilidade de origem não relacionada ao hebraico é ter surgido como apelido para nomes iniciados com Ad, como Adolfa, Adelaide e outros.

É, a leve pronúncia desse nome curto esconde muitos significados possíveis.

  • Adélia

Belo nome que quer dizer “nobre”, originado do germânico Athala, formado por athal (literalmente, “nobre”). Alguns atribuem a esse nome ser forma reduzida de nomes que se iniciam com Adel, como Adelaide e Adele.

Acredita-se que tenha surgido na Inglaterra no século IV. Tendo ficado conhecido por Adèle, sua variante francesa, sua fama se deve a Santa Adela, princesa do Império Franco que posteriormente virou santa.

  • Adriana

Seu significado é “aquela que vem da Ádria”, “aquela que é escura”. Trata-se da versão feminina de Adriano, nome originado a partir do latim Adrianus, que quer dizer “natural de Ádria”.

Ádria é uma cidade que está localizada ao norte da Itália, banhada pelo Mar Adriático; alguns estudiosos dizem que Adria é uma palavra que partiu do latim ater, designando “escuro”, “preto”, fazendo referência às praias de areia escura, daí vindo o sentido de “aquela que é escura”.

Entretanto, outros estudiosos dizem que o nome dessa cidade originou-se de Adar, o deus do fogo adorado pelos heráclidas.

Segundo documentos, na segunda metade do século XII surgiu em Portugal a variante Adrião, vindo a ser a primeira versão desse nome.

  • Aída

Forte nome por conta de sua sonoridade. Significa “a que retorna” e possui uma história bem interessante.

Originado a partir do árabe Aa’ida (literalmente, “a que retorna”), o nome Aída surgiu a partir da ópera Aida, composta pelo italiano Giuseppe Verdi no século XIX; nela, é contada a história de Aída, a princesa etíope mantida em cativeiro no Egito.

Nota: Embora algumas pessoas relacionem os nomes Aída e Ada como variantes entre si, isso não é aceitável.

  • Aidê

Possui os bonitos significados de “modesta”, “reverente”.

É dito que se trata da forma espanhola e francesa para o nome Haydée, cuja origem é incerta. É possível que tenha vindo do grego aidoios, que significa “modesta”, “reverente”.

A primeira ocorrência desse nome é na literatura, através da personagem Haidée, criada pelo poeta inglês Lord Byron no poema Don Juan.

Sua popularidade não é muito percebida aqui no Brasil.

  • Akemi

Este é um nome feminino de origem japonesa que ganhou o coração de muitos papais e mamães por aqui. Seu significado é “aquela que brilha lindamente”, “linda luz”, “brilho bonito”, “bela aurora”.

A diversidade de significados deve-se ao fato de que a combinação dos kanjis (escrita oriental) utilizada pode alterar o significado. Costuma-se relacionar ake a “vermelho”, “aurora”, “luminosidade” e mi, a “beleza”.

Na cultura japonesa, os nomes são escolhidos com bastante cuidado, pois eles acreditam que os atributos dos nomes serão levados por toda a vida do indivíduo.

  • Alanis

Belo nome com alguns significados possíveis: “pedra”, “rocha”, “harmonia”, “bela”, “formosa”.

Esse nome é a variante inglesa feminina para o nome Alan, que possui quatro possíveis origens, não havendo como precisar o seu significado.

Uma possível origem é ter sua origem no celta Alun (“harmonia”). Pode ser, ainda, que tenha surgido de uma palavra gaélica cujo significado é “belo”, “formoso”. Contudo, a hipótese mais provável é ter partido do gaélico Ailin, de ail, significando “pedra”, “rocha”.

Esse nome ganhou o mundo por conta da cantora e compositora canadense Alanis Morissette.

  • Alessandra

Que tal o nome da top model Alessandra Ambrósio que, inclusive, já desfilou para a Victoria’s Secret?

Esse nome significa “protetora dos homens”, “defensora da humanidade”, “aquela que repele os inimigos”.

É a variante italiana de Alexandra, este nome que vem a ser a versão feminina de Alexandre, originado do grego Aléxandros (aléxo, “repelir”, “defender”, “proteger” e andrós, “homem”).

Vale destacar que o nome masculino Alexandre é famoso por conta de Alexandre Magno (o Alexandre, o Grande), rei da Macedônia e o conquistador mais famoso do mundo antigo. Além disso, vários reis, personagens bíblicos e papas tiveram o nome Alexandre.

Especificamente sobre Alexandra, foi encontrada pela primeira vez por volta de 1.205 d.C. como Alisaundre, na Inglaterra. Interessante, não?

  • Alice

Este nome chegou a ser bastante popular no passado, tendo perdido um pouco de sua popularidade, mas recentemente voltou a ser bastante buscado.

Quer dizer “de qualidade nobre”, “de linhagem nobre”, “respeitada”, majestosa”.

Sua origem está nas versões francesas Adaliz, Alesia e Aliz, todas empregadas como diminutivo do nome germânico Adelaide (de Adelheid, formado por adal, athal, que significa “nobre”, e por haidu, que significa “espécie”, “tipo”).

Por tais significados, acredita-se ser um nome capaz de refletir atributos de excelência.

Chegou a ser bastante popular tanto na França quanto na Inglaterra durante o século XII por influência de romances de época. Tendo perdido popularidade em torno do século XVII, visto como um nome ligado a uma vida rústica, voltou a chamar atenção no século XIX com o lançamento do livro Alice no país das maravilhas, de Lewis Carrol (pseudônimo de Charles Lutwidge Dodgson).

  • Alícia

Também é um nome bastante procurado, talvez mais em outros países do que no Brasil – embora na última década, principalmente, tenha aumentado sua procura por aqui.

Como se trata de uma variação do nome Alice, também possui os significados “de qualidade nobre”, “de linhagem nobre”, “de sangue nobre”, “respeitada”, “majestosa”, tendo sua origem como forma diminutiva do nome germânico Adelaide.

  • Aline

Belo e sonoro nome cujo significado é “protetora nobre”, “pequena nobre”, “a reluzente”, “a resplandecente”.

É nome que surgiu a partir das variantes latinas para Adelina, que são Alina e Alyna. O nome Adelina pode ter surgido do germânico Ethelyna, formado por athal (“nobre”) e lind (“serpente”), ficando com o significado de “serpente da nobreza” – por isso é dito que o nome Aline reflete a simbologia da serpente (força e energia).

Outra possibilidade é que Adelina tenha surgido como diminutivo de Adélia, nome cuja origem também é germânica: Athala, formada por athal (“nobre”).

Chegou a ser muito popular na Inglaterra durante a Idade Média com as formas Adelin, Adelina e Edelin.

  • Alita

Sua popularidade mundial é bem recente, fato que se deve ao filme de ficção científica Alita: anjo de combate, lançado em 2019.

Sua origem é árabe e trata-se de um nome bastante comum na Espanha. Significa “aquela que pertence à elite”, “a escolhida”, “nobre”.

Nota: Existem cerca de 900 registros de mulheres com esse nome no Brasil, segundo o IBGE, o que mostra ser um nome bem raro por aqui.

  • Amanda

Nome bastante comum no Brasil e em demais países, quer dizer “digna de amor”, “aquela que deve ser amada”, “amável”.

Surgiu como variante feminina de Amando, nome que partiu do latim Amandu, Amandus, por sua vez derivado do verbo amare, assim significando “digno de amor”, “amável”, “o que deve ser amado”.

Logo, é um nome que carrega o simbolismo do amor, do cuidado e do carinho.

O primeiro registro de seu nome data de 1212, na Inglaterra, precisamente na região de Warwickshire. Ganhou bastante fama nesse país durante o século XVII por ter sido utilizado por muitos autores e poetas da época, com especial destaque para a personagem Amanda da peça teatral Love’s last shift, de Colley Cibber.

Caso você esteja buscando um nome que pode ser facilmente utilizado em outros países além do Brasil, essa com certeza é uma boa opção: esse nome é assim utilizado em idiomas como inglês, espanhol, alemão, italiano, holandês, dinamarquês e outros mais!

  • Amber

Este ainda é um nome um pouco raro no Brasil, havendo pouquíssimos registros dele, mas é popular em demais países, principalmente aqueles que falam inglês.

Seu significado é “amuleto da sorte”, “preda preciosa de cor amarelo alaranjada”.

Pode ser considerado um nome relativamente novo, considerando que ele teoricamente apareceu pela primeira vez apenas no final do século XIX: é o nome da personagem Amber St Clair, de olhos cor de Âmbar, de Forever Amber, livro escrito por Kathleen Winsor em 1944.

  • Amélia

Significa “trabalhadora”, “mulher diligente”, “ativa”. É uma variante de Amália, originado do germânico Amal (“trabalho”).

Muitas pessoas remetem o nome imediatamente ao samba da década de 40 que se chama “Ai, que saudades da Amélia”; o enredo da música envelheceu, retratando um perfil de mulher que nas últimas décadas tem sido cada vez mais desconstruído, o da mulher dona de casa e resignada.

Apesar dessa associação que muitos fazem, é um nome muito bonito e com uma leve sonoridade.

  • Amy

Outro nome que não apresenta tanta popularidade no Brasil, mas a atriz Amy Adams e a cantora e compositora Amy Winehouse mostram a popularidade de seu nome em outros países. É

um nome bastante sonoro e que significa “aquela que é amada”, tendo surgido como uma variante inglesa para Amée, nome cuja origem é o francês antigo amée, do verbo amer (“amar”).

  • Ana

Sem dúvida, um nome que segue extremamente popular, tanto sozinho quanto compondo diversos nomes (Ana Clara, Ana Beatriz, Ana Carolina, Ana Maria, Ana Paula, Ana Júlia, Ana Sofia, Ana Cristina, Ana Alice e muitos outros mais).

Sua popularidade se deve principalmente à Bíblia, havendo algumas personagens com esse nome, uma delas a profetisa que reconhece o menino Jesus como o Messias.

Também é popular por conta de Santa Ana, mãe da Virgem Maria e padroeira das avós.

Ana significa “graciosa”, “cheia de graça”, originalmente vindo do hebraico Hannah e, mais tarde, do latim Anna. Acredita-se que tenha surgido pela primeira vez na Inglaterra no século XIII (tendo se popularizado apenas no século XVII).

Ana Bolena (1501-1536) foi a segunda esposa do rei Henrique VIII da Inglaterra; vários conflitos políticos e religiosos marcaram essa relação. A ascensão e queda de Ana Bolena inspira, ainda hoje, várias biografias e obras ficcionais.

É um nome que também é fácil de ser encontrado com essa grafia e pronúncia em países como Inglaterra, Estados Unidos, Espanha, Rússia e muitos outros.

  • Anahí

É um nome cuja origem é encontrada no tupi-guarani, significando “aquela que tem a voz doce”.

Diz a lenda que Anahí era uma indígena muito feliz e que gostava de cantar. Um dia, invasores chegaram e aprisionaram a tribo. Anahí tentou escapar ferindo um dos invasores, mas foi capturada e como castigo, deveria morrer em uma fogueira, amarrada a um ceibo.

Seu corpo foi transformado em uma flor, a flor da árvore de ceibo, quando foi queimada. Essa flor é conhecida como a flor nacional da Argentina, representando sofrimento e coragem; no Brasil, é chamada de corticeira do banhado.

Assim, esse nome carrega a simbologia da flor (beleza e pureza) e sentimentos de bravura e perseverança.

Anahí é uma cantora, modelo, estilista e atriz mexicana bastante conhecido por toda América Latina, principalmente por seu trabalho com a banda e a novela Rebelde.

  • Analu

Quer dizer “guerreira famosa iluminada”, “guerreira famosa e graciosa”.

Acredita-se que tenha surgido a partir da união de nomes como Ana e Lúcia ou Ana e Luísa, assim afetando o seu significado.

O nome Ana vem do hebraico Hannah, significando “cheia de graça”, “graciosa”. Lúcia é um nome originado a partir do latim Lucius, de lux, que significa “luz”. Já Luísa, por sua vez, é a variante feminina de Luís, nome que vem do germânico Ludwig, formado por hlot, hlut (“famoso”, “ilustre”) e wig (“batalha”).

  • Andréia

Nome bastante popular cujo significado é “extrema feminilidade”, “poderosa”, vindo a ser a variante feminina de André, este nome que tem sua origem no grego Andreas, de andrós, que significa “homem”, “másculo”.

Logo, o nome Andréia carrega o significado oposto de André, sendo um nome ligado a feminilidade.

Acredita-se que tenha chegado ao Brasil através de Andrea, variante italiana de Andreas; como se vê, Andrea é na Itália um nome masculino. Muito provavelmente, a terminação em a levou as pessoas encararem esse nome como sendo feminino.

  • Andressa

Quer dizer “mulher bela, delicada e dócil”, “extremamente feminina”. Tem sua origem no nome espanhol Andreza, variação do nome que acabamos de ver, Andréia.

  • Ângela

É um bonito nome que traz relação com religião. Significa “mensageira”, “anjo”, sendo a variante feminina de Ângelo, este nome que veio do grego Ággelos (“mensageiro”), a partir do latim Angelus (“anjo”).

Data da época bizantina a primeira utilização do nome Angelos, tendo ficado bastante popular entre os judeus da Itália a partir de 1255, sendo popular até os dias atuais.

Em várias religiões os anjos são seres divinos, os mensageiros de Deus, trazendo boas notícias e protegendo as pessoas. Assim, a escolha do nome Ângela comumente é vista com bastante força simbólica.

É um nome que facilmente é encontrado em diversos países, como Rússia, Itália, Inglaterra, Alemanha (provavelmente a chanceler alemã Angela Merkel não é desconhecida para você), Romênia e outros.

  • Anita

O seriado Presença de Anita e a cantora Anitta popularizaram bastante este nome, mas sua fama é bem anterior.

Ana Maria de Jesus Ribeiro (1821-1849), mais conhecida como Anita Garibaldi, foi uma importante revolucionária, participando da Revolução Farroupilha no sul do país e no processo de unificação da Itália ao lado do seu marido Giuseppe Garibaldi, também um revolucionário; ela é conhecida como Heroína dos Dois Mundos.

Esse bonito e bastante sonoro nome significa “cheia de graça”, “graciosa”. Surgiu a partir do nome Ana, originado do hebraico Hannah; com o passar do tempo, um apelido bastante comum para Ana foi Anita, depois adotado como nome próprio.

  • Annie

É um nome inglês que se originou a partir de Ana, nome cuja raiz é o hebraico Hannah. Logo, significa “cheia de graça”, “graciosa”.

É possível encontrar as seguintes variações desse nome: Anny e Anne (esta mais comum de ser encontrada no Brasil).

Por conta de seu significado, acredita-se que a pessoa que se chama Annie carrega o dom da graça e da bênção divina.

  • Antonella

Este nome italiano, também comum de ser encontrado no Brasil, significa “valiosa”, “sem preço”, “de valor inestimável”, “alimentada de flores”. Surgiu inicialmente como diminutivo de Antônia, depois passando a ser utilizado como nome próprio.

Esse nome, Antônia, forma feminina de Antônio, tem origem incerta. Pode ser que tenha surgido do latim Antonius, um sobrenome romano, como no nome do imperador Marco Antônio.

Outra possibilidade é que tenha surgido do grego antheos (“alimentado de flores”) ou do latim Antius (“o que está na vanguarda”).

  • Antônia

Como vimos, Antônia e Antonella são nomes variantes entre si, então, Antônia também significa “valiosa”, “sem preço”, “de valor inestimável”, “alimentada de flores”.

Da mesma forma, possui origem incerta, havendo quem diga ter surgido a partir do sobrenome romano Antonius, da palavra grega antheos (“alimentado de flores”) ou do latim Antius (“o que está na vanguarda”).

De todo modo, é um nome muito bonito e com forte sonoridade.

  • Aparecida

Clássico e popular nome no Brasil, seu significado é “a que apareceu”. Sua origem é brasileira e com fundo religioso: forma de homenagear Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil desde 1929.

Diz-se que no século XVIII, dois pescadores que estavam no rio Paraíba encontraram uma cabeça de uma imagem da Virgem Maria e, ao jogarem a rede novamente nas águas, acharam o corpo; de acordo com a tradição, essa é a razão da abundância de peixes nesse rio, já que na época em que os pescadores lá estavam, não era temporada de peixes na região.

Pela maneira como fora encontrada, a santa recebeu o nome de Nossa Senhora Aparecida.

  • Ariane

Lindo nome que quer dizer “a mais pura”, “a mais santa”. Vem a ser variante francesa do nome grego Ariadne.

Em sua raiz, estão as palavras gregas ari (“a mais”) e adnos (“santa”, “casta”).

Ariadne é famosa na mitologia grega: é o nome da filha do rei de Creta, jovem responsável por ajudar seu amado Teseu na fuga do labirinto do Minotauro.

  • Ashley

Este é um nome de língua inglesa bastante popular, sendo o nome de atrizes (Ashley Benson, Ashley Judd e Ashley Tisdale, por exemplo), cantoras (como Ashlee Simpson e Ashley Grace), modelos (Ashley Moore) e até de personagens ficcionais (a famosa Ashley Banks, da série Um maluco no pedaço). Tamanha é sua fama lá fora, que ele também chama atenção dos brasileiros.

Esse nome predominantemente feminino (é raro, mas alguns homens têm tal nome) quer dizer “madeira de freixo”, “a que desbrava através do freixo”, vindo do inglês antigo.

É dito que tenha surgido inicialmente como sobrenome toponímico, ou seja, para identificar pessoas vindas ou residentes de algum lugar.

Como é formado por aesc, que significa ash (“freixo”, árvore da família das oliveiras) e leah (“madeira”, “desbravamento”, “desmatamento”), Ashley surgiu como sobrenome indicando pessoas que moravam ou que vinham de regiões onde havia muitos freixos.

No Brasil, desde a década de 90, segundo o IBGE, tem havido registros desse nome, embora ainda bem raro.

  • Aurora

É, sem dúvida, um dos nomes mais populares no Brasil nos últimos tempos – e também presente em outros países.

Possui como significado “o nascer do Sol”, “o raiar do dia”, “a que nasce do oriente”, “aquela que brilha como ouro”.

Surgiu a partir do latim aurora, literalmente, “nascer do Sol”, tendo estreita relação com outra palavra latina, aurum (“ouro”); por conta da coloração dourada do brilho do nascer do Sol, o nome Aurora é também entendido como “a que brilha como o ouro”.

Na mitologia romana, a deusa Aurora era a responsável por sobrevoar os céus para anunciar a chegada de um novo dia. Passou a ser mais utilizado como escolha de nome durante o Renascimento.

Parte da popularidade desse nome se deve à princesa Aurora, da clássica história A bela adormecida.

Mais nomes bonitos para Meninas com a Letra A e seus significados


lista-de-nomes-para-meninas-com-letra-a

  • Abigail: “alegria de meu pai”.
  • Açucena: “pureza”, “flor de lis”, “flor branca”. Também pode aparecer com a grafia espanhola Azucena.
  • Adelaide: “de linhagem nobre”.
  • Adriele: “rebanho de Deus”, “assembleia de Deus”, “a que pertence à congregação de Deus”, “Deus é meu auxílio”.
  • Ágatha: “boa”, “perfeita”, “virtuosa”, “respeitável”.
  • Agnes: “pura”, “casta”, “dócil como um cordeiro”.
  • Aimê: “a amada”.
  • Aisha: “viva”, “a que está viva”.
  • Alana: “harmoniosa”, “bela”, “marco de conquista”, “formosa”.
  • Alba: “muito branca”, “alvorada”.
  • Alexandra: “defensora da humanidade”, “protetora dos homens”.
  • Aléxia: “ajudante”, “defensora”.
  • Alíria: “lírio”.
  • Allegra: “alegre”, “animada”.
  • Alma: “a que alimenta”, “a que nutre”, “a que dá vida”, “alma”.
  • Amabel: “adorável”, “amável”.
  • Amapola: “bela flor”, “papoula”.
  • Amarílis: “a brilhar”, “flor”, “a que possui amabilidade”, a depender de sua origem.
  • Amina: “leal”, “fiel”, “aquela em que se pode confiar”.
  • Amora: pode ter surgido como o nome próprio em referência à fruta silvestre amora ou ter surgido como uma espécie de feminino para o substantivo “amor”.
  • Anabela: “graciosa e bela”, “mulher cheia de graça e bela”.
  • Ananda: “alegria”, “gozo”, “felicidade”.
  • Anastácia: “a ressurreição”.
  • Anelise: “pequena graciosa”, “Deus é juramento para essa mulher graciosa”, “Deus é abundância para essa mulher cheia de graça”, “pequena cheia de graça”.
  • Anette: surgido primeiro como apelido de Ana e depois como nome próprio, seu significado é “cheia de graça”, “graciosa”.
  • Angelina: “pequeno anjo”, “pequena mensageira”.
  • Angélica: “pura como um anjo”, “angelical”, “aquela que se assemelha aos anjos”, “mensageira de Deus”.
  • Anja: “graciosa”, “cheia de graça”. É a forma escandinava de Ana. Também existe a ocorrência do nome Anja como referência a anjo.
  • Araci: “a mão do dia”, “aurora”.
  • Aretha: “virtude”.
  • Aria: pode apresentar os significados “ela é essencial”, “melodiosa”, leoa de Deus” e “nobre”, a depender de sua origem.
  • Ariadna: “muito casta”, “puríssima”, “a mais sagrada”.
  • Ariela: “leoa do Deus”, “leoa do Senhor”.
  • Arlinda: “forte como uma águia”, “escudo da águia”.
  • Astrid: “força divina”.
  • Audrey: “força nobre”, “aquela que é nobre e forte”.
  • Augustine: “elevada”, “sagrada”, “consagrada”, “sublime”.
  • Áurea: “ouro”.
  • Aurélia: “dourada”, “filha do ouro”.
  • Ayla: pode significar “carvalho”, “luz da lua”.


Considerações Finais


Conta aqui nos comentários o que você achou da nossa lista! Adoramos conhecer a opinião dos nossos leitores. E já que você vai comentar, que tal contar também aquele nome que você mais gostou?

Fica ligado nos nossos conteúdos, estamos sempre preparando mais listas interessantes de nomes, tudo para ajudar você a escolher aquele nome especial para o seu bebê. Abaixo, algumas sugestões bem interessantes:


Todo nosso conteúdo é feito especialmente para que nossos leitores possam transmitir sentimentos de amor, felicidade, carinho e gratidão para aquelas pessoas que amam.

Portanto, esperamos que nosso material com Nomes Femininos com a Letra A possa ter atendido suas expectativas.

Se puder nos ajudar, compartilhe nosso site com seus amigos e familiares via Facebook, WhatsApp, Stories, Instagram, Status, Tumblr, Pinterest ou qualquer outra Rede Social.

A equipe do “megafrases.com.br” agradece a sua visita a esta página e te convida a retornar outras vezes para conferir nossas lindas mensagens e imagens…

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.